Liberdade de Expressão

“Desprezo o que dizes mas defenderei até à morte o teu direito a dizê-lo”. Esta expressão, atribuída a Voltaire, é frequentemente citada pelos defensores da liberdade de expressão. Porém, é difícil encontrar alguém que esteja preparado para defender toda a expressão em qualquer circunstância, especialmente se as perspectivas expressas incitam à violência. 

Sendo assim, onde estão os limites?

Temos a liberdade de ofender a religião de outras pessoas? 

Será que a Internet mudou tudo?

Onde deve uma sociedade civilizada fixar o limite? 

Estas questões interessam-te? 

Se sim, este livro é para ti! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *