Ler+Espaço – um agrupamento sempre no ar

No âmbito do Projeto “Ler+Espaço” do PNL, os alunos do 12.º ano elaboraram trabalhos criativos de exploração do espaço, de divulgação científica e de ficção científica.

Eis alguns desses trabalhos para ver, aprender e voar!

«O Rapaz Voador» e o enigma da vida… por Sara Moura (12.º C)
Ninguém duvida que o nosso mundo é mesmo um mistério e, tal como na obra de Lawrence Anholt, o rapaz voador tem a cabeça repleta de perguntas atrás de perguntas…
Será mesmo que existem, no espaço, mais do que dois planetas? Pelos vistos, NÃO! Para o rapaz voador, existem apenas dois, o planeta Terra e o planeta Paraíso. Mas quem inventou esta?
No planeta Terra, todos vivemos um determinado percurso de vida, mas… o planeta Paraíso permite algo extraordinário: é um planeta onde será dada continuidade à vida na Terra e onde viveremos eternamente.
Mas… calma! Não é assim tão fácil ter respostas para todas as perguntas que existem ou, pelo menos, para as minhas! Como, por exemplo, como começa a vida? Como se movem, afinal, os planetas? Podemos voar como os pássaros? Como cresce uma planta?
Ora bolas, NÃO SEI mesmo nada! Apenas vos sei dizer que as plantas nascem sob a terra. Não seria mais fácil existir um livro com todas as respostas às nossas perguntas? Seria tão mais fáceis as nossas descobertas! Infelizmente, isso não é possível. Porquê? Temos de criar uma
biblioteca muito, muito especial, pois gostaria imenso de ter uma resposta concreta acerca de todos os meus pontos de interrogação.
Há tanto, ainda, por descobrir. No outro dia, pensava: por que razão o espaço não tem oxigénio? Talvez para ninguém o conhecer… Será assim tão maravilhoso? Ou nem por isso? Eis outra questão cuja resposta desconhecemos e é assim a minha vida, sempre, sempre, a perguntar.
Qual é o objetivo da vida de cada um de nós? Será que, no planeta Paraíso, saberemos, finalmente, todas estas respostas? Espero que sim! Aliás, pensando de forma diferente: será que a piada de tudo isto não é precisamente o enigma por trás de cada parte do mundo?
Ora bem, vou-me deixar de divagações, vou pegar nas minhas asas e, tal como o rapaz voador, viajarei pelos céus e, já que não tenho respostas para o que desejo, vou apreciar este grande mistério que é o MUNDO! Até já!

Texto da Lohany e do Tomás, 12.º C – aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *