Biografia de Saramago

José Saramago nasceu em Azinhaga de Ribatejo, no concelho de Golegã, distrito de Santarém. Portugal, no dia 16 de novembro de 1922. Filho de camponeses, com dois anos de idade mudou-se com a família para Lisboa.

Faz o ensino secundário numa escola de ensino profissional, em Lisboa, frequentando um curso de serralheiro mecânico (1939). Exerce diversas profissões, tendo sido inicialmente serralheiro mecânico acaba por vir a ser desenhador, funcionário público nas áreas da Saúde e da Segurança Social, director literário de uma editora, jornalista e tradutor.

Devido às suas posições políticas vê-se por duas vezes desempregado, situação que acaba por ser decisiva para se tornar escritor. A primeira foi em 1949 e a segunda em 1975. Em 1949 consegue emprego graças à vontade um antigo professor seu da escola técnica. Da segunda vez que esteve desempregado, 1975, perante a situação política que se vivia em Portugal (pós 25 de abril de 74), e sem hipóteses de arranjar emprego, toma a decisão de se dedicar inteiramente à literatura, embora já se tenha estreado muito antes (1947 com Terra do Pecado).

Aliás, a sua trajetória literária passou por várias fases:

  • A primeira foi marcada pela poesia, com Os Poemas Possíveis (1966) e Provavelmente Alegria (1970), e pela crónica Deste Mundo e do Outro (1971).
  • A partir do final dos anos 70 dedicou-se ao teatro e escreveu:
  • A Noite (1979), peça que tem como cenário uma redação de um jornal na noite de 24 para 25 de abril de 1974. A peça recebeu o Prémio da Associação de Críticos Portugueses.
  • A ficção de Saramago começou com o romance Manual de Pintura e Caligrafia (1976). Publicou dois volumes de contos Objeto Quase (1978) e Poética dos Cinco Sentidos (1979).

Como romancista, o autor consagrou-se ao receber o “Prémio Cidade de Lisboa” com Levantando do Chão (1980), que se tornou Best-Seller internacional.

No ano de 1998 recebeu o Prémio Nobel da Literatura. 

José Saramago desenvolveu uma espécie de historicismo fantástico onde a sua imaginação, aliada a um ilimitado amor à vida, em cada minúcia da verdade humana ao longo do tempo, reelabora factos da história de sua terra, como nas obras:

  • Memorial do Convento (1982)
  • O Ano da Morte de Ricardo Reis (1984) (Prémio do Pen Clube Português, Prémio da Crítica, Prémio Dom Diniz e Prémio do Jornal The Independent)
  • A Jangada de Pedra (1988) 
  • História do Cerco de Lisboa (1989)

Publicou um título no campo da literatura infanto-juvenil, A Maior Flor do Mundo (2001), livro escrito em parceria com o ilustrador João Caetano, que recebeu o Prémio Nacional de Ilustração.

Em 2008 é estreado o filme “Ensaio sobre a Cegueira” realizado por Fernando Meirelles, baseado no romance homónimo de José Saramago. Este  assistiu ao filme ao lado do realizador Fernando Meirelles. Quando o filme terminou e as luzes acenderam, Saramago, emocionado, disse a Meirelles: “Fernando, estou tão feliz por ter visto esse filme… feliz como estava quando acabei de escrever o livro”

José Saramago faleceu no dia 18 de junho de 2010, com 87 anos, na sua residência em Lanzarote (Espanha) junto da sua companheira Pilar del Rio.

Para melhor conhecerem a sua vida fica aqui o convite para a leitura mais pormenorizada da vida de Saramago  pelos seguinte link – https://www.josesaramago.org/biografia/. Através das  suas próprias palavras tomarás conhecimento da sua vida.

José de Sousa teria sido também o meu nome se o funcionário do Registo Civil, por sua própria iniciativa, não lhe tivesse acrescentado a alcunha por que a família de meu pai era conhecida na aldeia: Saramago...

Agora atreve-te a testar o que sabes sobre Saramago acedendo ao quizziz abaixo