Espetáculo “A quatro mãos” com Daniel Completo nos Paços da Cultura

Espetáculo “A quatro mãos” com Daniel Completo nos Paços da Cultura

No dia 2 de dezembro, os alunos do 4.º ano do agrupamento foram aos Paços da Cultura assistir ao espetáculo “A Quatro Mãos” com Daniel Completo. Daniel Completo cantou e encantou com composições baseadas nas obras de Luísa Ducla Soares. Um espetáculo de música e ilustração, com a participação entusiástica do público. Alunos e professores adoraram o espetáculo e muito agradecem à Biblioteca Municipal a possibilidade de poderem assistir a um evento desta qualidade. Agradecem, igualmente, a disponibilização do transporte para se poderem deslocar das escolas para os Paços da Cultura.

Os alunos puderam, ainda, visitar a exposição “Luísa Ducla Soares: 50 Anos de Vida Literária” que estará patente até ao dia 12 de janeiro 2023, na galeria da Biblioteca Municipal. A exposição pretende homenagear Luísa Ducla Soares, considerada uma das mais relevantes escritoras portuguesas na área da literatura infantil. A mostra é constituída por livros, fotografias, documentos, quadros e trabalhos realizados por alunos em homenagem à autora.

Acessos: 4

Novidades na biblioteca EBSSL!

Novidades na biblioteca EBSSL!

Não param de chegar livros novos às bibliotecas do agrupamento!

Agora, na EBSSL, há várias novidades para satisfazer os gostos de leitura de todos os leitores! Vem à tua biblioteca ver as novidades! E requisita aquele livro que está aqui à tua espera! A biblioteca aguarda com ansiedade a tua visita!

A biblioteca agradece, reconhecida e orgulhosa, a todos os alunos que participam em projetos cujos prémios garantem verbas para as bibliotecas escolares! 

Acessos: 1

Os Três Desejos de Júlio Borges

Os Três Desejos de Júlio Borges

No dia 30 de novembro, os alunos do 1.º CEB (2.º, 3.º e 4.º anos) foram à biblioteca participar na animação da leitura do livro “Os Três Desejos” de Júlio Borges, editado pela Opera Omnia. A sessão foi dinamizada pela atriz Inácia Cruz e as bibliotecas das EB do Parque e de Fundo de Vila estiveram em festa! Todos participaram entusiasticamente nas sessões e fizeram parte da história de Júlio Borges. Alunos e professores não pedem 3 desejos, apenas um: Inácia, volta! Conta outra vez!

Acessos: 52

Poemas para Brincar e Pensar

Poemas para Brincar e Pensar

No dia 30 de novembro, os alunos da Educação Pré-Escolar e do 1.º ano das EB do Parque e de Fundo de Vila  foram à biblioteca participar na animação da leitura do livro “Poemas para Brincar e Pensar” de Isabel Pereira Santos, editado pela Opera Omnia. A sessão foi dinamizada pela atriz Inácia Cruz que contagiou todos os presentes com a sua energia e entusiasmo.

Alunos e professores adoraram a experiência e já questionam: Ó Inácia, quando é que vens cá de novo dramatizar outra história?

Acessos: 7

Um dia com a Ciência

Um dia com a Ciência

No dia 29/11/2022, as turmas do 11.ºA e do 12.ºA participaram numa visita de estudo no âmbito do Programa Cientificamente Provável, da Rede de Bibliotecas Escolares, e das disciplinas de Biologia e Geologia. Os alunos visitaram o Laboratório Aberto do IPATIMUP (Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto), a Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica e o LEPABE da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Um dia recheado de experiências científicas e muita investigação.

Alunos e professores agradecem à RBE o financiamento desta visita que lhes proporcionou um dia em cheio com a Ciência.

Um agradecimento muito especial a todas as instituições que acolheram, com extrema simpatia e muito saber, os visitantes!

Acessos: 4

Participação do Agrupamento no Concurso de Ilustração

Participação do Agrupamento no Concurso de Ilustração

Este ano, o Concurso de Ilustração de S. João da Madeira para as escolas contemplou os alunos da Educação Pré-Escolar e do 1.º Ciclo. O nosso agrupamento concorreu com nove magníficos trabalhos – quatro da EPE e cinco do 1.º CEB. 

A arte está na essência do nosso agrupamento como se pode ver nas criações artísticas dos alunos da EPE e 1.º Ciclo, das EB de Fundo de Vila e do Parque.

Parabéns a todos os participantes que ilustraram a “Vida” de forma maravilhosa!Sem margem para dúvidas, são uns verdadeiros artistas!

Acessos: 14

Dia da Floresta Autóctone, 23 de novembro

Dia da Floresta Autóctone, 23 de novembro

Numa parceria entre o Eco Escolas e a Biblioteca Escolar foi lida aos alunos de 5.º ano e alunos de PLNM a história “Tomé, O Gaio Semeador”. Nela, um jovem gaio (ave aparentada dos corvos e das gralhas!!), o Tomé, faz uma bela descoberta …. as bolotas que enterrou no solo transformam-se em jovens carvalhos portugueses (Quercus faginea), uma das nossas espécies de árvores autóctones.

Os alunos vão agora também eles fazer a sementeira de bolotas e aguardar pela sua germinação.

Notícia em – https://www.facebook.com/aeserafimleite (26/11/2022)

Acessos: 93

Apresentação do livro «Bioética da Finitude. A Questão Bioética no Pensamento Contemporâneo»

Apresentação do livro «Bioética da Finitude. A Questão Bioética no Pensamento Contemporâneo»

No dia cinco de novembro de dois mil e vinte e dois, realizou-se a apresentação/debate da obra «Bioética da Finitude. A Questão Bioética no Pensamento Contemporâneo», da Professora Doutora Stella Zita de Azevedo, livro selecionado para o Plano Nacional de Leitura, na Biblioteca Municipal de São João da Madeira, iniciativa realizada a partir das dezassete horas.

O debate com a autora, Professora Doutora Stella Zita de Azevedo, com o Professor Doutor Manuel Curado, da Universidade do Minho, com o Professor Doutor António Jácomo, da CESPU, e com o Professor Doutor Vítor Oliveira Jorge, catedrático da Universidade do Porto, visou a atualização de conhecimentos transversais, relativamente aos desafios bioéticos que o campo do saber epistémico tem sucessivamente levantado dos pontos de vista do exercício da cidadania (o sentido fundamental do agir) e das ciências que trabalham no campo da saúde pública.

Trabalhando com problemas, a Educação afasta-se da repetição de sínteses e de fórmulas e aproxima-se do saber pensar, com a abertura/discussão de diferentes perspetivas. Através deste saber ser e saber fazer, a educação tem melhores oportunidades para atingir o seu objetivo fundamental: o desenvolvimento da capacidade crítica, da autorregulação, da capacidade para o diálogo e para o confronto de abordagens divergentes (diálogo e reconhecimento do outro, respeito pelas diferentes culturas e valores). A presente atividade foi organizada pelo Instituto ZORGI, pela Câmara Municipal de São João da Madeira e pelo Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, tendo como dinamizadoras a Biblioteca Escolar AESL e as professoras Ana Isabel Azevedo, Elisabete Inocentes, Rosa Pinho, Sónia Aires e Susana Melo.

Acessos: 41

YouTube
YouTube
Instagram