Ver o mundo através dos meus olhos

Ver o mundo através dos meus olhos

A turma do 3.º B da Escola Básica do Parque, juntamente com as crianças da sala 2 do Jardim de Infância do Parque, participaram, este ano letivo, no Concurso “Escola Alerta!”. Neste vídeo, são apresentadas várias atividades inclusivas realizadas pelos alunos desde o início do ano letivo. O projeto promoveu o trabalho colaborativo entre professores, alunos, pais e outros membros da comunidade escolar.

alerta

Acessos: 9

European Money Quiz 2024

European Money Quiz 2024

European Money Quiz (EMQ) é uma competição europeia, jogada online, para promover a literacia financeira dos mais jovens e testar os seus conhecimentos em matérias como a poupança, endividamento, gestão do orçamento familiar, segurança digital, entre outras.

No AESL, 74 alunos do 3.º ciclo do ensino básico, do 7.ºB, 8.ºC, 8.ºD, 9.ºB e 9.ºC, puseram os seus conhecimentos sobre literacia financeira à prova.

Estão todos de parabéns, mas em especial o André Brandão (8.ºC) e o Daniel Campos (9.ºC) que recebem uma ovação maior, pois ficaram nos dois primeiros lugares e vão representar o AESL na fase nacional.

Estamos todos a torcer por eles. Boa sorte!

Acessos: 10

Vem ver – chegaram novos sofás à BE!!!

Vem ver – chegaram novos sofás à BE!!!

A biblioteca da EBSSL está muito contente e mais confortável. Chegaram mais três sofás para os leitores poderem relaxar e ler com toda a comodidade.  Estes sofás foram adquiridos com o prémio “Boas Práticas de Fazer em Rede” atribuído pela Rede de Bibliotecas Escolares ao projeto do agrupamento “O Sentir do AESL”. Obrigada, RBE! Ler é um prazer! Agora ainda MAIOR!!!

Obrigada, alunos e professores, por participarem neste projeto com trabalhos de tanta qualidade!!!

Agora, precisamos levantar do sofá e continuar o projeto “O Sentir do AESL” – este ano com o tema “Eu e os Outros”!

Acessos: 28

“Aprender sobre o Holocausto nos dias de hoje.”

“Aprender sobre o Holocausto nos dias de hoje.”

No dia 22 de janeiro de 2024, decorreu no Auditório da Escola Secundária Dr. Serafim Leite (Sala 13) a Palestra “Aprender sobre o Holocausto nos dias de hoje.”

Esta Palestra foi apresentada pelo Professor e Formador da Memoshoá, Associação para a Memória e Ensino do Holocausto, António José Martins alusiva ao Dia Internacional da Lembrança do Holocausto.

Os alunos do 9.º A assistiram e participaram com muito entusiasmo na atividade. Foi, certamente, uma oportunidade única para os discentes melhorarem a qualidade das aprendizagens nos ensinos básico e secundário, nomeadamente, em relação à temática do Holocausto como fenómeno único mas com ligações inequívocas ao futuro. Também lhes permitiu  desenvolver espírito crítico para compreender o passado, questionar o presente e agir sobre o futuro.

O formador interagiu com os alunos e abordou a temática de uma forma clara e compreensível para o público alvo.

As condições físicas em que decorreu a Palestra também foram adequadas e permitiram que a mesma decorresse de forma tranquila e apelativa para o público.

Em suma, esta atividade foi um sucesso e permitiu a todos relembrar este episódio marcante e trágico da história da humanidade: o Holocausto.

holo

Acessos: 14

Luís Vaz de Camões

Luís Vaz de Camões
Camoes

Embora não seja consensual, por falta de fontes documentais que o comprovem, Luís de Camões terá nascido a 23 janeiro de 1524. Perante a incerteza de tal data, a Biblioteca Escolar Hipólito Duarte Cardoso de Carvalho vai dedicar durante o presente ano letivo um conjunto de publicações a celebrar o seu nascimento, ou seja, celebrar os 500 anos do seu nascimento.

Considerado uma das figuras mais importantes da literatura portuguesa, Camões é o autor d’Os Lusíadas, sendo aclamado como uma das principais vozes da literatura épica mundial.

Por muito que a sua vida tenha sido sofrida e atribulada, o poeta notabiliza-se por uma educação requintada, que lhe permitiu estabelecer o contacto íntimo e inspirativo com as referências da poesia de então.

Biografia

Estima-se que o nascimento de Camões tenha ocorrido algures na primeira metade do século XVI, no ano de 1524, com a sua morte a proporcionar-se a 10 de junho de 1580, data em que se celebra o feriado nacional, o Dia de Portugal, de Camões e das comunidades portuguesas.

São mais as incertezas do que as certezas sobre os contornos da sua vida, mas consta-se que teve Lisboa como a cidade principal da sua vida, assim como a presença de Coimbra, na qual aprendeu o latim, e aquilo que se tinha vivido e escrito nos séculos anteriores ao da sua vida. Foi membro da corte, na condição de poeta lírico, embora tenha assumido uma vida incauta, que o conduziu a um autoexílio em África. Foi lá, como militar do exército português, que Camões perdeu o seu olho direito, acabando por voltar a Portugal. No entanto, voltaria a viajar, desta feita para o Oriente, onde redigiu “Os Lusíadas”, obra que quase perdia em pleno alto mar. A obra foi dedicada a D. Sebastião, que lhe asseguraria uma pensão pela sua anterior presença na coroa, embora morresse de forma depauperada, ainda antes do monarca se perder em Alcácer-Quibir. A sua poesia perduraria em “Rimas”, assim como algumas peças de teatro, que fomentariam um legado prestigioso, não só dentro de Portugal, mas também de fora, inspirando uma série de correntes literárias e de autores românticos.

A par d’Os Lusíadas, Camões escreveu três obras de teatro cómico mas, como frequentemente se queixava, a sua obra nunca foi realmente apreciada por aqueles para quem ele compunha: os portugueses.

O verdadeiro reconhecimento chegaria apenas após a sua morte, tinha então o poeta 55 anos. Os seus restos mortais encontram-se sepultados no Mosteiro dos Jerónimos.

/https://ensina.rtp.pt/artigo/luis-vaz-de-camoes/

Acessos: 64

Hora do conto “A Vaca que pôs um Ovo” de de Andy Cutbill e ilustração de Russell Ayto

Hora do conto “A Vaca que pôs um Ovo” de de Andy Cutbill e ilustração de Russell Ayto

Janeiro começou da melhor maneira na Educação Pré-escolar – A vaca Amélia pôs um ovo!

É verdade! Um ovo fantástico e muito especial! Com galinhas, vacas, bicicletas, pinos, jornalistas, agricultores, muitos curiosos e muitos “cacaracás” e “muuuus”, esta é uma história muito divertida e que transmite uma grande verdade. Os alunos realizaram o registo deste momento de forma muito artística e criativa!

Acessos: 16

Sessão de Leitura do Livro “Quem Gosta de Animais Cresce mais” de António Couto Viana

Sessão de Leitura do Livro “Quem Gosta de Animais Cresce mais” de António Couto Viana

Inácia Cruz dinamizou a leitura do livro “Quem Gosta de Animais Cresce Mais” de António Couto Viana e a biblioteca foi invadida por grilos, caracóis, galinhas, joaninhas, aranhas, serpentes, elefantes… e não faltou a presença da dona desta quinta! Uma sessão muito animada em que os atores foram os alunos e os professores. Sem dúvida, “Quem gosta de animais cresce mais”!!!

Acessos: 24

YouTube
YouTube
Instagram
Skip to content