Um agrupamento a ler!

Um agrupamento a ler!

No dia 12 de janeiro, realizaram-se as provas  dos 1.º CEB, 2.º CEB, 3.º CEB e Secundário do Concurso Nacional de Leitura do Plano Nacional de Leitura – Fase Escolar. Inscreveram-se nestas provas 251 alunos de todas as escolas do agrupamento e realizaram-nas  234 alunos. Pois é, foram muitos os alunos que quiseram mostrar que são leitores e que leem! Agora, aguardamos com expectativa os resultados! Boa sorte a todos os participantes!

E nunca esquecer que a parte mais importante é LER, sempre!

Aviso de Abertura: X edição do Concurso Literário “A Ética na Vida e no Desporto”

Aviso de Abertura: X edição do Concurso Literário “A Ética na Vida e no Desporto”

Estão abertas candidaturas à X edição do Concurso Literário “A Ética na Vida e no Desporto”.

Este concurso tem como objetivo estimular a produção de trabalhos escritos, subordinados ao tema da ética no desporto, por parte dos estudantes do ensino secundário e do ensino profissional, ministrados em estabelecimentos de ensino público, particular e cooperativo, centros educativos e estabelecimentos prisionais localizados em Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, premiando aqueles que apresentem melhor qualidade literária.

O prazo de submissão de candidaturas decorre de 1 de janeiro a 28 de fevereiro de 2022.

O Concurso Literário “A Ética na Vida e no Desporto” é promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., através do Plano Nacional de Ética no Desporto, em parceria com o Jornal Desportivo A Bola, da Direção Geral da Educação/Desporto Escolar, da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, da Fundação do Desporto, do Panathlon Clube de Lisboa e da Direção Regional de Desporto dos Açores e da Direção Regional do Desporto da Madeira.

Para mais informações consulte o site do PNED em pned.ipdj.gov.pt (aceda aqui).

Encontro com a escritora Gisela Silva

Encontro com a escritora Gisela Silva

A escritora Gisela Silva, no dia 13 de dezembro, esteve no auditório da EBSSL a conversar com os alunos inscritos no Concurso Nacional de Leitura.

A primeira sessão decorreu às 9h25 com 53 leitores do 3.º Ciclo, sendo o mote de conversa o livro Eça de Queirós – Sou um pobre homem da Póvoa do Varzim; a segunda sessão, dedicada ao livro Ora Eça, Senhor Queiroz, decorreu com a participação dos leitores do Ensino Secundário – 51 alunos. Com a escritora Gisela Silva, os alunos conversaram sobre a importância de Eça de Queirós e da sua obra no panorama nacional e internacional, sobre o ato de escrita e das gavetas que se vão abrindo e, principalmente, de resiliência e determinação dos exemplos de experiências de vida. 

Afinal, concluíram os leitores, os escritores são de carne e osso e têm vivências que se materializam em escrita e muito, muito trabalho!

O Rouxinol

O Rouxinol

No passado dia 30 de novembro, os alunos da turma A do 4ºano da EB do Parque ouviram e trabalharam um conto intitulado “O rouxinol”, de Hans Christian Andersen.

Rejubilados pelo “ chilrear “ das palavras ouvidas e contadas, ainda houve tempo para um debate de ideias sobre a importância da liberdade!

Tal como disse Alejandro Jodorowsky “Pássaros criados em gaiola, acreditam que voar é uma doença!

No final, demos asas aos nossos rouxinóis desenvolvendo uma arte milenar, o origami!

4ºA da EB do Parque

Utilizadores da BE, 10.º ano

Utilizadores da BE, 10.º ano

As turmas do 10.º ano participaram num Peddy Paper para conhecer (melhor) a biblioteca. Os alunos organizaram-se em equipas e, depois de breves explicações, partiram à procura de respostas. Eis os resultados.

Parabéns a todos os participantes que se esforçaram por fazer um bom trabalho!

Parabéns  à equipa “Nozes e Vitelas” que acertou todas as questões, mostrando que não há segredos por revelar na biblioteca.

Dia Internacional dos Direitos Humanos

Dia Internacional dos Direitos Humanos

Celebra-se hoje, dia 10 de dezembro, o Dia Internacional dos Direitos Humanos, data que evoca a redação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, criada pela ONU em 1948, tornando-se um marco inspirador de princípios que priorizam a paz, a cidadania e a democracia no mundo. Surgiu na sequência dos horrores perpetrados durante a 2ª guerra e com o intuito de se construir um mundo melhor, num ato de fé no Homem, nas liberdades e nas democracias.

Ainda há muito para fazer, sem dúvida!

A Biblioteca Escolar assinala esta data com o convite para uma leitura do livro A Canção da Mudança escrito por Amanda Gorman e ilustrado por Loren Long.

É uma obra comovente e inspiradora, que aborda temas como a empatia, a diversidade e a cidadania. De forma sensível, Amanda Gorman compõe uma melodia de esperança que convida à ação de todos os que desejam mudar o mundo, independentemente da idade.

Partindo do livro recordamos um dos símbolos da luta pelos Direitos Humanos, Martin Luther King.