5 de maio, Dia Mundial da Língua Portuguesa

5 de maio, Dia Mundial da Língua Portuguesa

Para comemorar o Dia Mundial da Língua Portuguesa, o Plano Nacional de Leitura desafiou os leitores de várias línguas ou de diferentes áreas onde se fala Português, a ler na nossa língua – “Ler em vários sotaques”. Aqui ficam algumas dessas leituras que dão uma tonalidade diferente à nossa língua e a enriquecem com a diversidade de sonoridades.

Os leitores têm idades compreendidas entre os 9 e os 64 anos.

Ler sempre, em qualquer idade, em qualquer latitude…

Texto: “O Corvo e o Jarro” de Esopo – Nome da leitora: Tetiana Khaustova – País: Ucrânia
Texto: “Esta é a madrugada que eu esperava” de Sophia de Mello Breyner Andresen – Nome do leitor: Vladyslav Bilykivskyi – País: Ucrânia
Texto “As Mãos” de Manuel Alegre – Leitores: Chi Thi Diem Nguyen – Vietname | Lahoucine Adarou – Marrocos | Reina Viola Bastos – Filipinas | Marina da Silva – Bielorrússia | Vikas Vikas – Índia | Fabíola Reinoza – Venezuela

A campanha do Miúdos a Votos

A campanha do Miúdos a Votos

A Campanha Miúdos a Votos está a decorrer. Os candidatos do 3.º Ciclo – “A Distância entre Nós” e “A Seleção” têm podcasts realizados pelos alunos do 9.ºD e que passaram na rádio no dia 7 de março. Ouve e decide! Votar em qual? A Distância entre Nós ou A Seleção??? Acompanha a campanha. O teu voto vai fazer toda a diferença!

A Distância Entre Nós
https://visao.sapo.pt/visaojunior/miudos-a-votos/2022-03-08-a-distancia-entre-nos-tempos-de-antena/

A Seleção
https://visao.sapo.pt/visaojunior/miudos-a-votos/2022-03-08-a-selecao-tempos-de-antena/

Poesia à la carte

Poesia à la carte

Durante o mês de março os alunos do AESL vão ler poemas e criar podcasts.

Aqui pode ouvir todos os poemas e deliciar-se embarcando na magia da poesia, embalado pelo som das vozes maravilhosas dos nossos alunos.

“As mãos” de Manuel Alegre, alunos de Português Língua de Acolhimento – Nível A1
“A paz” de Sidónio Morais, Leonor – 4.º A da EB do Parque
“Ser poeta” de Florbela Espanca, Cau – 5.º A
“Estás Só” de Ricardo Reis, David Costa 5.º A
“Amigo” de Alexandre O´Neil, Rodrigo Madeira – 5.º B
“Arte de Amar” de Manuel Bandeira, Matilde Resende – 5.º C
“É urgente o amor” de Eugénio de Andrade, Maria Neves – 5.º C
“Porque os outros se mascaram mas tu não” de Sophia de Mello Breyner Andersen, Leonor Henriques – 7.º A
“Poeme-se” de Pablo Neruda, Camila Diaz – 8.º B
“O comboio da morte na Ucrânia”, de Odair José, Poeta Cacerense, Enzo – 8.º C
“Amor sofrido” de Jéssica Ferreira – 8.º C
“Sei um ninho” de Ricardo Reis, Pedro Machado – 9.º A 
“Amigo” de Alexandre O’Neil, Mafalda José – 9.º A
“Ser poeta” de Florbela espanca, Ana Rosa Pereira – 9.º A
“E por vezes as noites duram meses” de David Mourão-Ferreira, Laura Barbosa – 9.º D
“Senhora Partem Tão Tristes” de João Roiz de Castelo-Branco, Sara Bilhoto – 9.º D
“Porque” de Sophia de M. B. Andresen, Rodrigo Matos – 9.º D
“As Mãos” de Manuel Alegre, Lara Oliveira – 10.º A
“Transforma-se o amador na cousa amada” de Camões, Sara Correia – 10.º A
“Soneto à moda de Camões” de Sophia de Mello Breyner, Bernardo Freitas – 10.º A
“Amor é fogo que arde sem se ver” de Florbela Espanca, Sofia Gomes – 10.º A
“Heróis” de Luísa Ducla Soares, Roberta Martins – 10.º A
“Amar” de Florbela Espanca, Eduardo A e João L – 10.º A
“Amor” de Álvares de Azevedo, Cristina Costa e Ana Lúcia – 10.º B
“Tu eras também uma pequena folha” de Pablo Neruda, Cláudia Paiva e Ângela Santos – 10.º B
“Poema em linha reta” de Fernando Pessoa (Poesias de Álvaro de Campos), Beatriz Figueiró – 10.º B
“A paz sem vencedor e sem vencidos” de Sophia de Mello Breyner Andresen, Mariana Pardal – 11.º B
“Sei um ninho” de Miguel Torga, Gabriel Soares – 11.º B
“Conquista” de Miguel Torga, Renata Silva – 11.º B
“O mar dos meus olhos” de Sophia  de Mello Breyner Andresen, Mariana Almeida – 11.° B
“Mar sonoro” de Sophia de Mello Breyner Andresen, Ana Neto – 12.º F
“Desperta-me de noite” de Maria Teresa Horta, Daniela Rodrigues – 12.º F
“Dúvida” de Maria Teresa Horta, Daniela Rodrigues – 12.º F
“Fiz um conto para me embalar” de Natália Correia, Joana Pinto – 12.º F
“Conquista” de Miguel Torga, Juliana Sofia – 12.º F
“Lágrima de preta” de António Gedeão, Sónia Fraga – 12.º F
“Viagem” de Miguel Torga, Tiago Andrade – 12.º F
“Quando” de Sophia de Mello Breyner Andresen, Tiago Carvalho e Diogo Reis – 12.º F
“Em todos os jardins” de Sophia de Mello Breyner Andresen, Xavier Brito – 12.º F

Ainda do ano letivo 2021/2022

“Mensagem” de Fernando Pessoa, Sofia Paiva e Sofia Fial – 12.º B
“Mensagem” de Fernando Pessoa, Duarte Brito e José Pedro Santos – 12.º A
“Pedro lembrando Inês” de Nuno Júdice, Íris Franco – 12.º C
“Todo aquele que abre um livro” de António Ramos Rosa, Sara Silva, Marta Rodrigues e Maria João Monteiro – 12.º A
“Mensagem” de Fernando Pessoa, Maria Ramadinha e Marlene Rodrigues – 12.º A
“Um adeus português” de Manuel Alegre, Maria Ramadinha e Marlene Rodrigues – 12.º A
“Os trabalhos e os dias” de Jorge de Sena, Maria João Martins – 12.º C
“Em Lisboa” com Cesário Verde de Eugénio de Andrade, Hugo Fidalgo – 12.º C
“Todo aquele que abre um livro” de António Ramos Rosa, Francisca Pereira, Joana Martins e Inês Duarte – 12.º C
“Como se faz um poema” de Manuel Alegre, Marta Silva – 12.º C
“Camões” de Miguel Torga, Gabriel Gonçalves, Luís Costa e Diogo Mendes – 12.º C
“Camões” de Miguel Torga, Sofia Fial e Elisabete Matyash – 12.º B
“Todo aquele que abre um livro” de António Ramos Rosa, Inês Monteiro e Marta Coelho – 12.º B

Expressa-te!!!… e expressaram-se!

Expressa-te!!!… e expressaram-se!

Os alunos do 9.º B e 9.º C, trabalharam no Expressa-te, o uso de expressões idiomáticas. A partir de uma seleção de expressões, os alunos criaram pequenas narrativas, originais onde incluíram essas expressões. No final, fizeram gravações áudio que apresentamos abaixo.

Vale a pena ouvir!

Beatriz Cardoso e Diana Silva – 9.º B
Ana Matos e Joana Gonçalves – 9.º C
Andrea e Raquel – 9.º C
Carina e Lara – 9.º C
Leonor e Eduardo – 9.º C

3.ºA da EB do Parque devora livros

3.ºA da EB do Parque devora livros

Todos sabem que o 3.ºA da EB do Parque adora devorar livros! No Dia Mundial da Alimentação, os alunos colocaram a leitura ao serviço dos bons hábitos de alimentação. “Ler” e “comer” rimam porque são duas formas de assimilar, transformar e tornar sempre mais fortes aqueles que praticam as duas ações! É preciso saber comer e é preciso saber ler, por isso, a Francisca, o Frederico, a Sofia e o Vasco dão o exemplo! A biblioteca agradece estas grandes lições e estas magníficas leituras! Ora ouçam:

Francisca Ferreira
Frederico Reis
Sofia Ferreira
Vasco Nogueira
Jonathan
Bia
Amélia

Nova resposta ao 1.º Desafio da BE no âmbito do MIBE

Nova resposta ao 1.º Desafio da BE no âmbito do MIBE

Os alunos Mohammad Alfahad, Sara Alfahad e Beatriz Kiara, com o professor Rui Gonçalves, leem-nos a história  “De que cor é a saudade?”, da autoria de Tânia Caiado Amaral. Ouçam a musicalidade da saudade nas vozes destes grandes leitores que, com outra língua materna, tão bem sabem ler na nossa!

A saudade é um sentimento que nos une e é mesmo colorida!