23 de abril – Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor

23 de abril  – Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor

Para fazer memória deste dia, a biblioteca propõe a leitura do livro “O Neto do Homem Mais Sábio – uma biografia de José Saramago” de Tomás Guerrero, com prefácio de Valter Hugo Mãe.

Esta obra apresenta o neto de Jerónimo Melrinho, José Saramago. No discurso apresentado à Academia Sueca, aquando da atribuição do Prémio Nobel da Literatura, José Saramago assim considerava o avô – “o homem mais sábio que conheci em toda a minha vida”. Tomás Guerrero, partindo destas palavras de Saramago, conta a sua biografia, iniciando a visita guiada à vida do grande escritor através dos guias Jerónimo Melrinho, seu avô, e Ricardo Reis, heterónimo de Fernando Pessoa e personagem do romance “O Ano da Morte de Ricardo Reis”. O autor do prefácio da obra, Valter Hugo Mãe, refere: «Soube sempre que me comoveria uma e outra vez com Saramago para o resto da vida. Assim, agora, de modo surpreendente, através de um livro que, não sendo imediatamente dele, mo traz numa lisura admirável. Um homem que soube escolher, por entre todos os erros possíveis, o modo de nos motivarmos a uma cidadania melhor, a uma humanidade mais efectiva. Tomás Guerrero expõe-no porque o entendeu. Este livro é brilhante. É íntimo, delicado, brilhante. Com ele, Saramago continua a nascer.»

Ao ler “O Neto do Homem Mais Sábio” estamos, indubitavelmente, a comemorar o Dia do Livro e a celebrar os Direitos de Autor da forma mais sublime.

Ainda e sempre a comemorar o centenário de José Saramago. 

Título: O Neto do Homem Mais Sábio – Uma biografia de José Saramago
Autor: Tomás Guerrero
Editor: Levoir
Ano: 2020
isbn: 9789896828905

Acessos: 11

99.º aniversário de Saramago

99.º aniversário de Saramago

O Nobel da Literatura português, José Saramago, nasceu faz hoje 99 anos, dia em que arrancam as comemorações do nascimento do escritor.
Hoje, às 10h, os alunos do 9ºC juntaram-se a mais de uma centena de escolas portuguesas, mas também estudantes em Espanha, Brasil e outros países da América Latina, fazendo uma leitura, em simultâneo, do conto “A Maior Flor do Mundo”.
Consolidar a presença do escritor na história cultural e literária, em Portugal e no estrangeiro, e prestar homenagem à sua figura como cidadão são objetivos das comemorações!

Acessos: 9

YouTube
YouTube
Instagram